• Newsletter

    Cadastre-se para receber nossa newsletter!


EPIFANIA

O presente na contemporaneidade

O presente na contemporaneidade é um “já foi” que “está por vir”.E é verdadeiramente contemporâneo  aquele  que, pertencente ao seu tempo, não coincide perfeitamente com este.Pois é através dessa distância e descolamento que o contemporâneo é capaz  de perceber o seu tempo.Diante deste anacronismo só aqueles que estão próximos do arcaico, ou seja, da origem é que conseguem vivenciar o presente na contemporaneidade.  | Giorgio Agamben |

Aliada a uma técnica de um saber fazer com as mãos de centena de milhares de anos, a coleção Epifania fala da memória em tempos intempestivos e da tentativa de eternizar o presente.São como  fotos em preto e branco feitas em máquinas analógicas, em que é preciso manter o olhar fixo e atento para captar suas nuances.